Está aqui

As melhores complicações de 2010 – inovação sem limites (parte 2)

Artigo
Relógios com complicações

Na semana passada demos-lhe várias provas que a criatividade no mundo da relojoaria está ao rubro. Ao longo de vários séculos, ainda é possível continuar a inovar e inventar novas técnicas, funções e habilidades que fazem de cada novo relógio uma incrível obra de arte.

Hoje, continuamos a nossa apresentação, com mais alguns relógios com funções ou complicações nunca antes vistas!



Da Vindice - Tourbillon Barometer

Quantas vezes não desejou ter um barómetro sempre consigo?

Talvez não muitas… mas isso não impediu que a Da Vindice criasse o primeiro relógio da história com esta função. Talvez a utilidade não seja para todos, mas há que apreciar o feito técnico.

Com reserva de marcha no canto superior esquerdo (de 42 horas, carga manual) e data no canto superior direito, apresenta ainda um turbilhão central, encabeçado pelos ponteiros de horas e minutos. Na base do mostrador, um barómetro completamente funcional, que avalia a pressão atmosférica e, com base nesse dado, indica uma “mini-previsão meteorológica”.

Limitado a 50 exemplares e com um valor que se aproxima dos €150,000 | R#330,000, talvez seja difícil cativar o público que não se sinta atraído pela funcionalidade de um barómetro… mas talvez consiga conquistar os conhecedores do talento por trás do Tourbillon Barometer.


H. Moser & Cie - Perpetual Moon

O Perpetual Moon é aparentemente simples quando o contemplamos. Um sóbrio mostrador azul escuro e preto, os tradicionais ponteiros centrais de horas, minutos e segundos. Às 6 horas, um calendário lunar… mas é precisamente aí que reside o interesse do Perpetual Moon da H. Moser & Cie.

Nunca um calendário lunar foi tão rigoroso e preciso, nem durante tanto tempo. Funcionando correctamente, a sua exactidão ultrapassará um milénio! Sim, 1000 anos depois, e apenas estará desviado em um dia. Inacreditável!

Mas os responsáveis por este feito não se ficaram por aqui. Uma pequena escala no fundo do calendário permite identificar com rigor as 8 fases lunares cientificamente estabelecidas, que podem ser individualmente acertadas através de um pequeno botão dissimulado no exterior da caixa, às 9 horas. E para terminar este processo de exactidão rigorosa, a coroa permite acertar o calendário lunar até ao minuto!


Hautlence - HL2.1

O HL2.1 da Hautlence começa por captar a atenção pelo seu visual arrojado, mas as suas características técnicas são igualmente interessantes.

Ao centro, em meia lua, o mostrador único que faz deste um relógio do tipo regulateur, indicando os minutos de forma retrógrada. À sua esquerda, um escape saltante que, aliado à forma como as horas são apresentadas – no topo do relógio, do tipo saltantes, através de uma correia), faz deste interessante relógio uma estreia mundial.


Montblanc – Methamorphosis

O que dizer quando se criam dois relógios visual e funcionalmente diferentes num só mostrador?

É precisamente esse o feito atingido neste Methamorphosis, criado pela Montblanc. Como o próprio nome indica, o mostrador transforma-se de forma bem literal, desaparecendo o mostrador clássico para dar lugar a um outro de tom mais desportivo. Os ponteiros mantém-se, mas alteram a sua função.

O relógio é do tipo regulateur, com o ponteiro central a indicar os minutos de forma retrógrada. Também ao centro, está o ponteiro dos segundos; o relógio complementa-se com dois mostradores às 12 e às 6 horas. No seu estado clássico, o mostrador superior indica as horas; o inferior a data. Pressionando o botão lateral, inicia-se a metamorfose, que dura aproximadamente XX segundos. O relógio clássico passa a desportivo, com os mesmos ponteiros a assumirem a função de cronógrafo: no topo as horas, em baixo minutos.

Este Montblanc já passara pelo Relogiolândia, mas o seu regresso é inevitável. Lembre-o aqui!


Vacheron Constantin – Patrimony Traditionnelle Calibre 2253 Collection Excellence Platine

Só o nome deste relógio é imponente, mas as suas características assim o justificam.

Com um mostrador repleto de ponteiros e mostradores, tem na nata das suas funções o calendário perpétuo e a equação do tempo, uma das mais difíceis e raras complicações. Existe, no entanto, outra característica ainda mais rara, e bastante peculiar.

Às 6 horas encontra-se o já inevitável turbilhão, encimado pelos quatro mostradores do calendário perpétuo: da direita para a esquerda, temos o dia, indicador de ano bissexto, mês e ano. Entre estes dois últimos encontra-se a equação do tempo – a indicação do desvio entre a hora convencional e a hora solar, que varia entre os 16 minutos a menos e os 14 minutos a mais, nas suas amplitudes máximas.

Às 4 e às 8 horas encontram-se dois marcadores adicionais bem mais raros que a por si só já bastante rara complicação de equação do tempo. Às 4 horas encontra-se um indicador da hora do pôr do sol; às 8 horas, outro ponteiro aponta a hora da alvorada.

Mais raro que as suas complicações, só o próprio relógio: limitado a 10 exemplares e com um preço de €300,000 | R$685,000, não será propriamente o relógio que vejamos em qualquer pulso. Mas algo nos diz que ainda dará muito que falar…

Clique aqui para ver a primeira parte desta selecção!

A sua votação: 
Sem votos