Está aqui

Relógios Montblanc: mestria europeia

História
Relógio Montblanc

A Montblanc nasceu na Alemanha em 1906 sob a denominação “Simplo Filler Pen Co.”, dedicada ao fabrico e comercialização de canetas de qualidade. Três anos depois lança o modelo Montblanc, e essa passa a ser a nova denominação da empresa.

A marca, já centenária, incorpora no seu nome e na sua imagem as origens a que remonta: o Monte Branco, ponto mais alto da Europa ocidental, e a estrela branca, presente em todos os modelos da marca – a edelweiss tão característica dos Alpes. Estes pormenores espelham a filosofia da Montblanc: o compromisso de atingir sempre a mais alta qualidade e a mais elaborada perícia europeia.

Sempre caracterizada pela elevada qualidade das suas canetas, é a partir de 1977, com a aquisição da empresa pela Dunhill, que a Montblanc alarga a sua linha de produção a outros bens de luxo, que hoje abrangem ainda jóias, perfumes, óculos de sol e acessórios. Actualmente está integrada no grupo suíço Richemond, que é composto por várias outras empresas de artigos de luxo – algumas delas também relojoarias de topo.

No que diz respeito aos relógios Montblanc, tal como os restantes artigos da marca, são autênticos artigos de luxo, com uma qualidade de topo e uma beleza ímpar. Todos eles analógicos, surgem num total de cinco colecções, cada uma com diversas opções bem como algumas edições especiais de modelos específicos.

A mais famosa é talvez a Montblanc Star, verdadeiramente clássica e elegante, um símbolo de prestígio e de qualidade, com toda a mestria da relojoaria suíça.

A colecção Montblanc Timewalker combina o relógio tradicional e o engenho helvético com a modernidade – um relógio para o séc. XXI. Já para uma linha mais clássica e sóbria, a marca tem a colecção Montblanc Summit.

A linha desportiva – Montblanc Sport – inclui modelos masculinos e femininos, mais dinâmicos e apelativos para quem tem uma vida – ou espírito – mais activa e agitada.

Os Montblanc Profile são a gama exclusivamente feminina da marca, de aspecto rectangular e com alguns modelos que são autênticas peças de joalharia.

A reforçar a imagem de marca de luxo e de raridade está o número extremamente reduzido de lojas oficiais. Em Portugal há apenas uma loja Montblanc, em Lisboa, enquanto que no Brasil são apenas – seis delas em São Paulo. Em todo o mundo o total é pouco mais que 300 lojas.

E o “elitismo” não se fica por aqui: as lojas oficiais estão proibidas de vender através da Internet, apenas podendo aceitar, em alternativa à venda presencial, encomendas por telefone ou correio.

No entanto, os relógios Montblanc podem ser encontrados em vários outros locais (revendedores autorizados), mas terá que se esforçar para encontrar o seu. E sobretudo, cuidado com as falsificações!

Para juntar um relógio Montblanc à sua colecção terá que despender, no mínimo, cerca de €750, com o preço médio a rondar os €1500 e os €2000. Por outro lado, se tiver um gosto mais requintado e procurar um verdadeiro símbolo de excelência e raridade, poderá optar por um modelo de edição limitada. Mas atenção, pois nesse caso o preço pode aproximar-se perigosamente dos €20000!

Marca: 
A sua votação: 
Média: 4.5 (48 votos)