Está aqui

Hublot King Power Ayrton Senna – a lenda vive

Notícia

Foi ainda na semana passada que lhe demos conta da mais recente novidade da Hublot, o novo King Power F1 King Gold, resultante da parceria com a FIA que faz de si a marca oficial da Fórmula 1. Apesar de gostarmos de variar nas novidades que lhe trazemos aqui no Relogiolândia, por vezes a relevância de um novo modelo faz-nos quebrar essa “regra”. E hoje é isso que acontece: de novo a Hublot, de novo a Fórmula 1, mas seria impossível não lhe dar conta da homenagem àquele que é por muitos considerado o melhor de sempre: Ayrton Senna.

Tratam-se de dois relógios muito especiais: o Hublot King Power Ayrton Senna, limitado a 500 exemplares numerados, e o Hublot King Power Tourbillon Ayrton Senna, ainda mais limitado, desta feita a apenas 10 exemplares. Os relógios foram desenvolvidos com a ajuda da irmã e da mãe do piloto, e apresentados no Instituto Ayrton Senna no dia em que faria 50 anos de idade, e em vésperas do Grande Prémio de São Paulo, aquela que será possivelmente a etapa decisiva na definição do vencedor do Campeonato de Fórmula 1 de 2010.

Esta não é, contudo, a primeira parceria da Hublot com o Instituto Ayrton Senna, nem é o primeiro relógio desta marca com o seu nome – tinham já sido lançados dois Big Bangs, em 2007 e em 2009. Mas este novo King Power é certamente o mais avançado e elaborado relógio, aquele que melhor funde o mundo da Fórmula 1 com o da relojoaria.

No que diz respeito ao King Power Ayrton Senna, a cor dominante é, além do negro da cerâmica, o amarelo que dominava também o mais célebre capacete da história da Fórmula 1. Trata-se de um cronógrafo split-seconds, cuja medição do tempo parcial é accionada num botão posicionado às 8 horas. Pela primeira vez na Hublot, a caixa é inteiramente feita em fibra de carbono, o material mais utilizado na Fórmula 1, e o vidro safira que protege o mostrador exibe destacadamente a assinatura de Senna às 9 horas. Merece também destaque o indicador de reserva de marcha, às 6 horas, que utiliza o mesmo tipo de escala que é utilizado na Fórmula 1 para indicar o estado da carga do movimento.

O King Power Tourbillon Ayrton Senna é ainda mais interessante – e exclusivo. Limitado a 10 exemplares, exibe um turbilhão inteiramente desenvolvido pela Hublot às 6 horas, acompanhado pela assinatura de Senna à direita e o indicador de reserva de marcha à esquerda. O verso da caixa é diferente para cada um dos 10 exemplares, cada um com uma inscrição diferente que evoca 10 momentos especiais da carreira o piloto, escolhidos pessoalmente por Viviane Senna, sua irmã. Nesta versão, destaca-se também o pormenor da pulseira, que é predominantemente amarela, com costuras verdes e azuis.

Ainda não é conhecido o valor destes dois novos modelos, mas a Hublot confirmou que parte das receitas reverterá para o Instituto Ayrton Senna, dedicado ao apoio às escolas públicas brasileiras. Assim, além de tudo o resto, junta-se ainda uma boa causa.

Os novos relógios King Power foram apresentados em São Paulo, durante a apresentação do muito aguardado documentário “Senna”, que retrata a vida e carreira do piloto, e estiveram presentes, além dos mais altos representantes da Hublot, do Instituto Ayrton Senna, várias outras personalidades, incluindo familiares de Senna, Asif Kapadia (realizador do documentário), Emerson Fitipaldi e Mano Menezes.

Dezasseis anos depois da sua partida, a lenda de Ayrton Senna continua viva, e a Hublot faz questão de deixar isso presente. Será que consegue fazer-lhe justiça? Será que alguma coisa alguma vez o fará?

Marca: