Está aqui

Vencedores do Grand Prix d'Horlogerie - Prémio do público

Notícia
Meccanico dG N03 Titano

de Grisogono Meccanico dG N03 Titano

Se há uma opinião a levar em conta, essa opinião é a do público. Por isso mesmo, o Prémio do Público é um dos mais importantes – e imprevisíveis – do Grand Prix d'Horlogerie de Genève. A escolha foi feita por entre todos os relógios nomeados para as 6 categorias específicas (homem, mulher, design, joalharia, desportivo e complicação), um total de 62 modelos.

O vencedor foi o Meccanico dG N03 Titano, da marca 'de Grisogono'.

O seu aspecto futurista não é casual, já que tudo neste relógio é inovador, começando pelo óbvio: um duplo mostrador simultaneamente digital e analógico, assente num movimento mecânico manual. Trata-se nem mais nem menos que o primeiro relógio do mundo com esta interessante complicação. O conceito em si já fora aplicado noutros relógios, mas nunca baseado num movimento mecânico, o que faz dele um dos mais complexos jamais criados, que exigiram um total de 651 componentes.

O mostrador superior, analógico, exibe horas e minutos através de ponteiros verdes – que lembram precisamente o mundo digital e electrónico; o mostrador digital, localizado na metade inferior, exibe um segundo fuso horário. De lado, às 3 horas, o corrector para o mostrador analógico; de cada um dos lados do mostrador digital estão os respectivos correctores, todos eles revestidos a borracha vulcanizada, material que é também usado para a pulseira.

Resistente à água até 30 metros, o movimento criado pela própria de Grisogono tem uma carga máxima de 35 horas – notável tendo em conta as características do Meccanico dG N03. A caixa é, como o nome do modelo indica, de titânio, estando disponíveis várias combinações adicionais com ouro rosa ou platina. E para o tornar ainda mais especial, é ainda extremamente limitado: foram feitos apenas 177 exemplares.

Apesar da enorme concorrência, não é difícil perceber o porquê de ter sido a escolha do público!