Está aqui

Vencedores do Grand Prix d'Horlogerie de Genève: melhor relógio masculino

Notícia
Relóligio Jules Audemars com escape AP

Audemars Piguet: Jules Audemars com escape AP

Considerada uma das principais categorias do Grand Prix d'Horlogerie de Genève, a revelação do melhor relógio masculino é sempre aguardada com muita ansiedade, ou não fosse a concorrência de peso.

Com uma shortlist que constitui o sonho de qualquer coleccionador – com nomes como Jaeger LeCoultre, A. Lange & Söhne, Girard-Perregaux, Montblanc ou Vacheron Constantin – o vencedor é uma verdadeira obra de arte: falamos do Jules Audermars com escape AP, da Audemars Piguet.

Comecemos pelo simples. A caixa de platina tem no verso vidro platina, que permite ver o funcionamento do movimento, tal como à frente, onde as horas e minutos são exibidas em mostrador próprio, localizado às 12 horas. Em cada um dos lados, tambores simétricos, que garantem uma carga mínima de 72 horas, exibida às 8 horas. Por baixo, às 6 horas, um mostrador   dos segundos e, em seguida, o escape montado às 4 horas. E eis que chegámos, por fim, à pièce de resistance.

Este não é um vulgar escape. Desenvolvido pela Audemars Piguet em 2006, trata-se de um escape de alta vibração, que atinge o incrível número de 43.200 variações por hora – o dobro do normal, que geralmente se situa nas 21.600. Este elevado funcionamento permite uma regularidade e fiabilidade sem igual, motivo pelo qual este Jules Audemars consegue a denominação 'cronomètre” - garantia de qualidade atribuída pelo Contrôle Officiel suisse des Chronomètres.

O Jules Audemars com escape AP é tudo aquilo que um relógio masculino deve ser: beleza e elegância, qualidade e fiabilidade fora de série, atingida através de grandes feitos tecnológicos, criado pelos grandes mestres relojoeiros.  Integrado como edição especial da colecção Jules Audemars, tem um valor de €210.000 | R$ 540,000.